sábado, 12 de março de 2011

São as pequenas coisas


Que nos tornam diferentes. Podemos estar juntos todos os dias mas ficarmos semanas sem nos falarmos mas se há coisa que eu não deixo de fazer, quando vejo seja o pai dele ou a mãe, é cumprimentá-los, dizer olá ou um bom dia. Sei bem que ele não faz o mesmo, e assim se vê como somos diferentes, porque tudo pode ter acabado mas a simpatia e boa educação podia ter permanecido, pelos vistos não, essas coisas deram foi lugar à vergonha na cara. Que é bom que a tenha, porque há coisas que não se fazem. E ele fez. Não perdoei nem esqueci, mas passou. Aprendi a lidar com isso por ter que conviver com ele diariamente, pelos vistos ele não. Que se assim fosse, os actos de simpatia teriam perdurado. Mas pronto, lá está, são essas coisas que nos tornam diferentes. Uns crescem, outros não.

2 comentários:

susana disse...

E isso é o maior desgosto que lhe podes dar, crescer ;)

Tilida5ever Design-ROSINHA disse...

São as pequenas coisas que definem as pessoas...