sábado, 20 de novembro de 2010

Dos presentes

Tenho medo deles, é verdade. Tenho sempre medo de não gostar quando uma pessoa me oferece alguma coisa. E pior que não gostar, é não conseguir esconder isso. Quando vou a tirar uma prenda do embrulho (ou saco, whatever) há sempre ali uns dois segundos em que entro em pânico antes de ver o cujo, e depois de ver, tenho exactamente um segundo para conseguir controlar a minha expressão facial. É das coisas que mais me custa, receber prendas. Só gosto mesmo quando já as escolhi previamente, assim podem dar-me à vontade, pelo menos eu poupo os apertos no coração ao ver coisas terríveis que foram pensadas para me oferecer (a pensar que eram a minha cara, pois claro) e as pessoas poupas dinheiro em coisas que nunca vão ser utilizadas. Ao menos se gastam que gastem bem.

2 comentários:

S. disse...

Penso da mesma maneira! Quando é no Natal e não é de pessoas chegadas não sinto que haja grande problema. Mas quando é no meu aniversário, os amigos, irmã, cunhado, namorado, etc tenho sempre medo de não gostar porque me custa dizer que não gosto e o pior é que não sei disfarçar por isso mesmo faço as listas de aniversário para escolherem :)

Rita disse...

Tambem sou assim. (In)felizmente nao gosto de qualquer coisa e na hora de receber prendas tenho sempre o melhor sorriso treinado não va a decepçao ao ver a prenda trair-me!