segunda-feira, 22 de novembro de 2010

A saga das segundas-feiras


Começa sempre à sexta, uma pessoa saia à noite ou não acaba por dormir umas 11 horas para recuperar do cansaço dos dias da semana, consequentemente no sábado acaba sempre por se deitar muito tarde o que leva a que acordemos tarde no domingo e por isso mesmo depois à noite é uma ramboiada para adormecer quando se tem que acordar no dia seguinte às sete da manhã. E assim, acordamos todas as santas segundas-feiras com umas míseras 5 horas de sono, passamos o dia a bocejar, sem paciência para nada, com uma vontade louca que chegue o fim do dia e que se possa ir para casa. Comigo é este filme todas as semanas, ainda por cima a segunda-feira é o meu pior dia (aquele em que chego a casa às seis), anseio por chegar a casa, beber um cappuccino, ler uma revista, tomar um banho com o rádio ligado no máximo e depois vestir o meu pijama e o meu casaco polar quentinho. Vir para o computador fazer as minhas actualizações diárias enquanto espero pelo jantar. Depois, ir esticar o cabelo, devagarinho, sem pressas, com a maior das paciências, até ficar perfeito. E por fim, ir deitar-me, hoje cedo porque já não aguento mais, para amanhã acordar fresca e bem disposta, com vontade de trabalhar. Afinal, a semana só devia começar às terças...

2 comentários:

S. disse...

Revejo-me completamente no testemunho lol... todos os santos domingos é o mesmo filme à noite, sem sono e todas as segundas de manhã pode-se contar por uma mão as horas de sono, para não falar nas vezes que acordo durante a noite.

S.*

Gonçalo disse...

bem tens toda a razao xD devia começar mesmo as terças :P

bjo