terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Sabemos que estamos

A chegar ao limite quando tudo aquilo que queremos é meia hora sentadas no sofá a olhar para o infinito. Assim. Sem fazer mais nada.

2 comentários:

teardrop disse...

Como eu te compreendo... também estou nesse estado! Beijinhos e força!

S. disse...

nem sabes como essas palavras se adequam depois do dia de hoje!