quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Sempre fui


Muito generosa. Nunca me importo de emprestar o que quer que seja, estou sempre disponível para todos e no fundo, só não dou mesmo aquilo que não posso, ou não tenho. Mas se há coisa que me irrita é a desconsideração pelos outros e isso, vê-se nas pequenas acções - o facto de emprestar um pincel e devolverem-mo sujo, uma afia-lápis voltar com a caixa cheia de aparas ou até mesmo um lápis que voltou por afiar - sim, se empresto é por que quero, mas acho que não custa nada devolver as coisas como estavam. Isso, e uma pessoa emprestar dinheiro e depois ainda ter que andar a pedir para lho devolverem. Vai na volta e tudo isto é normal e a estúpida aqui sou eu.

6 comentários:

Danii disse...

Não é normal não!
Em vez de escreveres o teu nome nos lápis e afins, escreves 'devolver como lhe foi entregue', pode ser que pensem e o façam :)

*E.Hanna33* disse...

eu devolvo-te tudo bonito ne? O.o

Verniz&Maldizer disse...

Acredita que não é normal ou, pelo menos, já somos duas contra essa (a)normalidade!

Experimenta pagar com a mesma moeda. Pode ser que tenham mais cuidadinho!

Susana disse...

esteve no rossio na época natalícia (não sei se ainda está), achei tão bonito

Ana Rita disse...

Ó meu Deus!! Eu penso exactamente da mesma maneira, por vezes dou comigo a pensar se a estúpida sou eu ou se são os outros todos juntos

Tânia Gil disse...

Eu não acho normal e concordo contigo. Ainda há pouco tempo emprestei um dos meus vestidos favoritos (e mesmo que não fosse) a uma colega minha e ela devolveu-mo sem o lavar. Fiquei mesmo chateada com a situação, eu nunca faria isso a ninguém.