sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Diário de uma caloira desaparecida

Isto começou na segunda-feira e acabou ontem à noite na Mega Festa do Caloiro. Não tenho parado em casa a não ser para jantar, tomar banho, dormir e voltar a sair. No meio de muitos jogos, granada, pega monstros, tartarugas aflitas, posição de caloiro, o rally tascas, o peddy papper mais sujo que já vi, ainda houve tempo para conhecer imensa gente, aprender trezentas canções e mais importante de tudo, divertir-me à grande. Isto sem esquecer o baptismo na fonte de Belém, que cerimónia mais linda. Hoje é dia de descanso, agora que sou oficialmente caloira. Uma caloira cansada, cheia de dores de costas, pernas e o que mais houver. Mas uma caloira pronta a começar a vida de estudante a sério, já na próxima semana.

3 comentários:

Ana Rita disse...

A semana das praxes deve ser espectacular!!!! Em que faculdade estás?

Tânia Gil disse...

Sinto-me exactamente como tu :b que semana atribulada.

TimTim disse...

a vida académica é brutal