domingo, 30 de outubro de 2011

Andava eu

À procura da mala perfeita, para poder andar com as mil e quinhentas coisas de que preciso diariamente [segue de seguida], quando no meio de tanta escolha dei de caras com a minha paixão assolapada, já de há uns largos meses. Desde que vi esta mala pela primeira vez, em Fevereiro, que achei que era linda de morrer e grande e tudo o mais. Em Abril, quando fui a Londres, estive para a comprar, mas como já trazia outra comigo, achei que devia deixá-la por lá. Depois disso, sempre que ia à Accessorize namorava-a mais um bocadinho, sem nunca pensar em comprá-la. Na semana passada, quando a vi, novamente, pensei só poderia ser um sinal para a trazer comigo (nunca há uma coisa assim durante tanto tempo numa loja), e era mesmo a ideal para o que eu precisava. E assim foi, hoje fui buscá-la para o seu novo lar. Depois de um flirt de quase um ano. Realmente, não sou uma rapariga nada fácil.

5 comentários:

Tânia Gil disse...

Ainda na sexta estive com a ela na mão, quase quase para a comprar.

Gonçalo disse...

Ha ali uma coisa na tua lista que ja devia estar riscada :P

Miss Bad disse...

Vês, é um amor duradouro :D

http://thediariesofmissbad.blogspot.com

susana disse...

Tem tudo a ver contigo.

Rita disse...

Uma das minhas grandes amigas tem uma igual :p