domingo, 2 de outubro de 2011

[o melhor é falar baixinho]

Que as coisas acontecem, sejam boas ou más [mas principalmente as más] quando começamos a falar muito delas. Não que eu goste, mas tenho medo de vir a gostar. Por já ter uma parte, por já ter provado e repetido. Tanto tempo depois ainda não houve sinais de gosto. Por qualquer das partes. Mas não quero ser traída pelo coração. Não posso. Porque sei que nunca daria resultado. E não quero chegar ao ponto de me magoar. Por não ser preciso. Por saber, desde o inicio, que seria assim. E eu aceitei. Agora é seguir em frente e continuar, com aquilo que vou tendo. Aproveitar. Que isto pode não ser certo, mas é qualquer coisa grande. Grande ao ponto de eu não perceber como.

6 comentários:

susana disse...

Nunca se sabe, pode sempre resultar, até mesmo quando menos esperamos e tudo esta contra nós ;)

susana disse...

Digamos que inspiraste um bocadinho porque estou a falar de coisas diferentes, mas sim :p

susana disse...

É verdade, parece que quando dizemos alto acontece de uma maneira diferente do que podia ter sido... Mas acho que assim é ainda mais mágico o sentido que damos à coisa :)

susana disse...

Exacto ;)

▼ Danii disse...

Pelos vistos temos novidades ;o

Rita disse...

A mensagem da imagem é muito poderosa.