terça-feira, 10 de abril de 2012

Nem sei por onde começar

De tantas serem as coisas que tenho feito e que me têm passado pela cabeça. Foi um dia entretida com a casa de bonecas [que já estava para ser acabada, para aí há dois anos, e ainda não está]. Foi mais Melhor Bolo de Chocolate do Mundo. Foi marcar exame de condução. Foi conduzir carro automático. Foi encher-me de séries. Foi acordar de manhã com a casa a cheirar a cabrito e aperceber-me de que vinha toda a gente para almoçar. Foi muito [mais] bolo de chocolate, folar e pão de ló. Foi muita sueca e filmes em família. Foi noite com a prima. Foi pouco sono. Foram voltas sem conclusões. Foi ajudar a melhor amiga quando mais precisa [e naquilo que é realmente importante]. Foi ida ao estádio, ver o Sporting, que já não ia desde o último derby em Alvalade. Foi trabalho. Foram irritações. Foi cansaço. Foram muitos pensamentos sobre as mais variadas coisas. Foi e é, uma cabeça que anda a mil. Vamos ver até quando.

2 comentários:

Tiago Alves Miranda disse...

Uma Páscoa recheada de assuntos pendentes e de guloseimas! Querida, adoro quando a cabeça anda a mil e preenche por completo os hemisférios do pensamento. :)

A. Richter disse...

às vezes gosto dessa agitação toda :)